Pedreiro é espancado, esfaqueado e morto por cinco

De acordo com a esposa dele, Miriam Guterres, 40 anos, o companheiro foi morto a golpes de facão por pelo menos cinco homens

A violência faz mais uma vítima em São Luís (MA). Desta vez o crime ocorreu na Vila Cafeteira, no município de Paço do Lumiar, onde o pedreiro Francisco Xavier Garcez de Amorim Filho, 40 anos, foi a ?bola da vez?.

De acordo com a esposa dele, Miriam Guterres, 40 anos, o companheiro foi morto a golpes de facão por pelo menos cinco homens. Ela revelou a nossa reportagem que Francisco estava na companhia de um amigo desconhecido em uma seresta quando por volta das 5h da manhã foi abordado pelo grupo de homens no momento em que deixava a festa.

Os acusados sem motivo aparente começaram a espancar o pedreiro e seu amigo. Para fugir, a dupla correu até a casa de Francisco. Ao chegar à casa, a vítima e o amigo tentaram se refugiar dentro da residência, mas por medo dos agressores invadirem o local acabaram efetuando nova fuga.

Porém, quando corriam para outro local o grupo acabou surpreendendo a dupla. Neste momento uma nova sessão de espancamento começou, só que desta vez de forma mais violenta. Foram socos, pontapés, pauladas e golpes de facão.

Francisco foi o mais agredido e o primeiro a cair. O amigo ainda foi cortado por uma ?panada? de facão no braço, mas conseguiu correr e se salvar e foi levado para o Hospital Municipal Clementino Moura (Socorrão II), Cidade Operária.

Depois de constatar que o pedreiro estava morto os agressores fugiram. ?Ele tinha recebido dinheiro no sábado e foi beber um pouco. Não era de briga, todos o amavam, nem sei por que fizeram isso com ele. Nem conseguimos registrar uma ocorrência no Plantão da Cidade Operária por que o sistema estava fora do ar?, lamentou Miriam.

Fonte: Imparcial On Line