Pedreiro é preso após manter ex-mulher refém por 4 horas

A mulher contou que está separada do pedreiro há dois meses e, ontem, o homem apareceu em sua casa inconformado com a separação.

Inconformado com a separação, um pedreiro, de 32 anos, manteve a ex-mulher como refém durante cerca de quatro horas, na noite deste domingo, ameaçando matá-la, em Sorocaba, a 95 km da capital paulista. Ele amarrou duas facas nas mãos e, com uma corda, entrelaçou o seu pescoço com o da vítima, de 31 anos.

Em um certo momento da negociação, a auxiliar de cozinha se aproveitou de um descuido do pedreiro, o empurrou e saiu correndo. O agressor tentou então esfaquear um dos policiais, mas foi contido com arma de choque e tiro de borracha.

A mulher contou que está separada do pedreiro há dois meses e, ontem, o homem apareceu em sua casa inconformado com a separação. Ela saiu de casa e correu, mas ele a alcançou poucos metros depois. As duas facas e a corda foram apreendidas para exames periciais. O pedreiro foi autuado em flagrante por sequestro, cárcere privado, ameaça e resistência.

Fonte: Terra