Pedreiro fingia ser delegado para ter amante; foi detido

Pedreiro fingia ser delegado para ter amante; foi detido

Homem usava carteiras funcionais falsas em Presidente Prudente (SP).

Um pedreiro foi detido nesta quinta-feira (17) em Presidente Prudente, a 558 km de São Paulo, por suspeita de se passar por delegado. De acordo com a polícia, ele fazia isso para impressionar a amante.

O pedreiro usava várias carteiras funcionais para tornar a farsa real ? de detetive, agente de segurança e até de diretor regional de uma associação internacional de investigação. Ele também tinha um distintivo de detetive e usava no carro que dirigia sirene e até um giroflex.

O homem é casado, mas se passava por delegado para impressionar a amante. O delegado verdadeiro disse que em 11 anos de Polícia Civil nunca havia visto um caso semelhante. ?As pessoas ali com quem ele convivia, o tratavam como doutor. Por vezes pessoas o viram portando o distintivo de policial?, afirmou Márcio Pirondi.

O pedreiro se aproveitou do cargo falso para pedir empréstimos aos amigos da amante, mas pagou com cheques sem fundos. Como não foi preso em flagrante, o homem foi ouvido e liberado. Ele vai responder pelo crime de estelionato.

Fonte: g1, www.g1.com.br