Perícia busca sinalizador usado por banda e extintores de boate

Perícia busca sinalizador usado por banda e extintores de boate

"Estamos procurando o sinalizador que muitos sobreviventes apontam como o iniciador do fogo", afirmou o delegado.

O delegado Sandro Meinerz, 3ª Delegacia de Polícia de Santa Maria (RS), informou que a polícia técnica já atua no interior da boate Kiss e procura vestígios para explicar o início do incêndio que vitimou mais de duas centenas de jovens.

"Estamos procurando o sinalizador que muitos sobreviventes apontam como o iniciador do fogo", afirmou Meinerz.

Ele também disse que os extintores da casa já foram localizados e serão periciados para saber se estavam na validade ou se apresentavam algum defeito, o que também foi testemunhado por pessoas que estavam na casa na hora da fatalidade.


Perícia busca sinalizador usada por banda e extintores de boate

Perícia busca sinalizador usada por banda e extintores de boate

Perícia busca sinalizador usada por banda e extintores de boate

"Era um ambiente muito fechado e com portas que davam pouca vazão para o público", analisou o delegado.

Segundo Meinerz, um dos proprietários da boate deu depoimento, e a polícia espera contar com as declarações de outro dono e mais os gerentes para dar continuidade às investigações. Ele afirmou que um dos músicos da banda Gurizada Fandangueira, cujo show pirotécnico teria iniciado o incêndio, também foi ouvido.

De acordo com o major Cleberson Bastianello, comandante do 2º Batalhão da Brigada Militar do BOE (Batalhão de Operações Especiais) de Santa Maria, até o final da tarde de domingo a lista de mortos chega a 233 pessoas.

O titular da 3ª Delegacia de Polícia de Santa Maria disse as pessoas morreram asfixiadas pela fumaça por não terem conseguido sair do local.

Fonte: UOL