Perícia no carro de advogada achada morta em represa é adiada

Veículo continua molhado e prejudica trabalho dos peritos, diz delegado

A perícia no carro da advogada Mércia Nakashima que estava marcada para esta segunda-feira (14) em São Paulo foi adiada porque o veículo ainda está molhado, informou a Polícia Civil. Ainda não há data prevista para acontecer a análise no Honda Fit prata da mulher. O corpo dela foi encontrado na sexta-feira (11) numa represa em Nazaré Paulista, no interior de SP. O automóvel já havia sido resgatado um dia antes após ter sido encontrado submerso no mesmo local.

Mércia estava desaparecida desde o dia 23 de maio, quando saiu da casa dos avós em Guarulhos, na Grande SP. Para o delegado Antônio Olim, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), não resta dúvidas de que a advogada foi assassinada. O advogado Mizael Bispo, de 40 anos, é considerado o principal suspeito pelo desaparecimento e pela morte da ex-namorada de 28 anos. Ele teria tido a ajuda de outra pessoa. Bispo nega todas as acusações e se diz inocente pelos crimes.

A análise do Honda Fit prata pode fornecer pistas importantes para esclarecer o homicídio. O carro havia sido levado para a garagem do DHPP na quinta-feira (10). Na sexta, passou por exame um exame supercificial. Os peritos ainda precisam buscar impressões digitais que possam identificar suspeitos pela morte de Mércia.

Fonte: g1, www.g1.com.br