Perito é preso em flagrante ao tentar extorquir R$ 1000 de um jovem

Perito tentou extorquir mil reais da vítima que é natural do Ceará.

A Corregedoria da Policia Civil do Piauí recebeu uma denúncia gravíssima. Uma pessoa foi extorquida e ameaçada por um perito da Polícia Civil de nome Cristovao Rodrigues Clark que faz parte da corporação há 30 anos. A vítima, que é natural do estado do Ceará, prefere não se identificar com medo de represália e conta tudo com detalhes.

"Na sexta-feira, recebi uma ligação na parte da tarde do meu tio dizendo que ele estava preso na Central de Flagrantes. Eu fui até lá para saber o que havia acontecido e procurei a parte Administrativa, mas ninguém me deu muita atenção. Porém, o delegado, uma pessoa muito bem educada, pediu que seu Cristóvão fosse checar se meu tio estava lá ou não preso. Ele foi, demorou um pouquinho e quando voltou já foi me chamando no canto”, afirmou.

“Ele me disse: 'cara, é muito fácil resolver o caso do teu tio'. Eu disse: 'É fácil, mas eu quero falar com ele e saber o que está acontecendo'. Ele, então, me guiou até a sala onde ele [meu tio] estava e continuou: 'Olha, a gente vai cobrar R$ 1000 [ mil reais] de você e ele sai ainda hoje'. Eu respondi: 'Eu vou arranjar o dinheiro, pois nós não temos. Eu dou os mil erais, mas só quando ele for solto", acrescentou a vítima. 

A vítima preferiu não ser identificada (Crédito: Reprodução/ Rede Meio Norte)
A vítima preferiu não ser identificada (Crédito: Reprodução/ Rede Meio Norte)

A vítima conta como o policial foi preso. “Seu Cristóvão me liga cobrando o dinheiro, daí eu disse para ele que só tinha R$ 100 e perguntei se dava para ele esperar até eu arranjar o restante. Quando foi à tarde, a gente tinha marcado na Rodoviária de Tersina, onde eu entregaria o dinheiro. Antes disso, fui até a Corregedoria e conversei com o delegado que já havia mandado uma equipe para o local onde nós tínhamos combinado e foi quando pegaram ele em flagrante”, revelou. 

O corregedor da Polícia Civil, Adolpho Henrique, conta que duas equipes foram acionadas para realizar a prisão do perito.

“A vítima narrou que ele [ o perito] estava exigindo dinheiro. Na parte da tarde, a vítima compareceu aqui e foi quando eu o conheci pessoalmente. Ele me informou que o perito exigiu dinheiro e queria receber naquele momento. Além disso, informou o local, a Rodoviária da capital, onde tinha marcado com o acusado. Diante disso, nós montamos duas equipes, corremos para lá e chegamos antes deles. Em seguida, nos organizamos e conseguimos assistir a transferência do dinheiro. Após isso, o abordamos e demos voz de prisão”, declarou.

Cristóvão Rodrigues está preso no 13ª´ Distrito Policial. Ainda segundo o corregedor da Polícia Civil, o perito já tem duas passagens por indisciplina. “Uma ele destratou pessoas, no caso profissionais de enfermagem, falando alto e com dedo apontado para o rosto das pessoas. No segundo, ele danificou uma viatura”, acrescentou o corregedor ao acrescentar que o perito pode ser exonerado.

“Em tese, ele será expulso. Deixar um recado para todos: não deixem impune. Você pai e mãe, se seu filho foi extorquido e ameaçado, não fique calado. Nesse caso, a vítima teve coragem e veio aqui.

Fonte: Portal Meio Norte