PF cumpre 24 prisões no Maranhão

Elas são acusadas de desviar, em quatro meses, cerca de R$ 5 milhões do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica

A Polícia Federal (PF) e a Controladoria Geral da União (CGU) desencadearam, na madrugada desta terça-feira (17), a Operação Orthoptera, para cumprir 24 mandados de prisão e 15 de busca e apreensão nos municípios de São Luís e Alcântara, a 22 Km da capital.

Elas são acusadas de desviar, em quatro meses, cerca de R$ 5 milhões do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), do governo federal, que deveria ser usado na construção de escolas, compra de merenda escolar e no pagamento de professores. A Polícia Federal e a Controladoria Geral da União investigaram os envolvidos durante cinco meses do ano passado.

Os principais alvos da PF e CGU são: ex-prefeita e atual procuradora-geral do municipio de Alcântara, Heloísa Helena Franco Leitão; o ex-presidente do Sindicato da Construção Civil (Sinduscon), José Orlando Soares Leite Filho (acusado de ser dono de uma empresa fantasma; e o ex-secretario de finanças de Alcântara, Ronaldo Plácido. São alvos, também, da operação: funcionários públicos, ex-funcionários e também donos de empresas de fachada, que serviam apenas para emitir notas fiscais frias.

Veja a lista dos mandados de prisão temporária:

Ronaldo de Amorim Plácio ? ex-secretário de Finanças

José do Vale Silva Júnior ? proprietário da empresa J.V Silva Júnior, montava os contratos

Dilma Maria da Silva - irmã de José do Vale

Antônia Hiêda Vieira dos Santos ? esposa de José do Vale

José Carlos Garcia Ribeiro

Ludmila do Socorro Silva ? irmã de José do Vale

Washington Charles Aragão

Carlos Augusto Morais ? advogado

Heloísa Helena Franco Leitão ? ex-prefeita e advogada

José Orlando Soares Leite Filho ? advogado

Ronilson Alves de Jesus ? dono da R. Alves

Veja a lista dos mandados de condução coercitiva:

José Ribamar Moraes Sobrinho

Lindinaldo dos Santos Costa

Maria Genir Pimentel de Sousa ? proprietária da MGP de Sousa Comércio e Serviços

Júlio Cezar Pereira Campos

Paulo Leitão Machado

Evandro Chear Hiluy

Renilson de Abreu Silva

Zanael Lima Fernandes

Raimunda Leudas Costa

José Honorato Serejo Filho

Antonio Raimundo França Pinho

José da Ascenção Sá Silva

Valdelice Sá Silva

As empresas envolvidas nos desvios são: J.V.Silva Júnior; MGP de Sousa Comércio e Serviços; C.A. Morais Comércio, Representações e Serviços; R. Alves de Jesus; e A.H.V dos Santos e Comércio. Em todas essas empresas a Polícia Federal realizou mandados de busca e apreensão.

Vinte e um mandados de prisão já foram cumpridos, inclusive os da ex-prefeita e atual procuradora-geral de Alcântara, Heloísa Leitão. Vários presos já estão sede da PF, na Cohama.

O nome da operação, Orthoptera, diz respeito a uma ordem de insetos da qual faz parte o gafanhoto. De acordo com o chefe da operação, o delegado da Polícia Federal Pedro Meirelles, o nome foi dado porque os acusados agiam em bando e depois iam embora.

Fonte: Imirante, www.imirante.com.br