PF desarticula esquema internacional de compra fictícia de minério

Segundo a Polícia Federal, a empresa, localizada na Suíça, também é comandada por italianos

A Polícia Federal (PF) desarticulou nesta quinta-feira um esquema internacional de lavagem de dinheiro envolvendo uma empresa de fachada que simulava a venda de minério para o exterior, em especial para a Suíça. O esquema era chefiado por um italiano que morava na Paraíba, onde recebia o dinheiro por meio de falsos contratos de câmbio. A Operação Sem Fronteiras contou com a colaboração da Interpol, a polícia internacional.

Segundo a Polícia Federal, a empresa, localizada na Suíça, também é comandada por italianos. De lá, eram feitas remessas de grandes quantias em dinheiro ao Brasil, em decorrência da compra fictícia de minério. De acordo com os investigadores, o dinheiro recebido era investido em nome de laranjas em empreendimentos nos Estados de Paraíba, Mato Grosso do Sul e Rio de Janeiro, e também no Distrito Federal.

Policiais federais foram enviados a esses Estados e ao Distrito Federal para cumprir os mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal. Estimativas da PF indicam que já foram aprendidos cerca de R$ 10 milhões em bens móveis e imóveis dos suspeitos.

Fonte: Terra