Polícia Federal desarticula quadrilha especializada em assaltos a bancos

Dois mandados de prisão ainda estão em aberto e podem ser cumpridos

A Polícia Federal (PF) desarticulou, na semana passada, uma quadrilha especializada em furtos a agências bancárias em diversos municípios no Rio Grande do Sul. O grupo é considerado responsável por dois crimes contra agências da Caixa Federal em Alegrete, em 16 de outubro de 2013, e em Uruguaiana, em 17 de outubro. Os suspeitos teriam ainda participado de um furto semelhante a uma agência de um banco privado em Caxias do Sul, ocorrido em 11 de junho do mesmo ano.

Foram cumpridos dois mandados de prisão preventiva e três de busca e apreensão na última sexta-feira (10) na região de Itajaí (SC), e em Guaraí (TO). Um dos investigados já estava preso, segundo a PF. Durante as buscas, em Balneário Camboriu e Itajaí, foram localizadas e apreendidas roupas utilizadas pelos criminosos em suas ações no Estado, o que confirma a participação dos investigados. Dois mandados de prisão ainda estão em aberto e podem ser cumpridos a qualquer momento.

No Rio Grande do Sul, a investigação da Polícia Federal também identificou registros do grupo em tentativas de furtos em outras duas agências da Caixa Federal em São Gabriel e Rosário do Sul, e a uma agência do Sistema de Crédito Cooperativo (Sicredi), também em Rosário do Sul, em 16 de outubro do ano passado.

Registros obtidos pela PF indicam que o integrante do grupo preso em Itajaí já havia sido indiciado em 1987 por furto qualificado em Fortaleza (CE). Em 1999, ele foi preso e condenado no Rio Grande do Sul por crimes semelhantes ocorridos na região de Santa Cruz do Sul e Passo Fundo, e investigado pela Polícia Federal em Florianópolis (SC).

Fonte: Terra