PF faz operação contra quadrilha que concedia empréstimos ilegais

Segundo a PF, o grupo usava empresas de factoring (fomento mercantil) como fachada para concessão de empréstimos a juros a diversas pessoas físicas

A Polícia Federal faz uma operação na manhã desta terça-feira em busca de provas contra uma quadrilha suspeita de conceder empréstimos ilegalmente no Estado de Mato Grosso. A Operação Ararath cumpre 11 mandados de busca e apreensão em Cuiabá, além de Várzea Grande, na região metropolitana, e em Nova Mutum, no norte do Estado. As investigações apontam que, nas contas bancárias dos suspeitos investigados, foram movimentados mais de R$ 500 milhões nos últimos seis anos.

Segundo a PF, o grupo usava empresas de factoring (fomento mercantil) como fachada para concessão de empréstimos a juros a diversas pessoas físicas e jurídicas. A quadrilha tinha como base operacional a empresa Globo Fomento Mercantil, em Várzea Grande, que oficialmente encerrou suas atividades em 2012. Entre as empresas envolvidas, está uma grande rede de postos de combustíveis de Cuiabá, mas o nome do grupo não foi informado pela PF.

O principal crime consiste no fato de que as empresas de factoring têm natureza estritamente mercantil e atual com assessoria e compra de títulos de crédito, com o objetivo de fomentar o comércio. Por isso, essas companhias não têm autorização do Banco Central para conceder empréstimos, exigir garantias ou exercer atividades que são exclusivas de instituições financeiras.

Fonte: Terra