Ação da PF em 6 estados combate rede internacional de quadrilhas

Ação ocorre desde madrugada desta segunda (2) no PR e mais 5 estados.

A Polícia Federal (PF) realiza uma operação para combater o tráfico internacional de drogas no Paraná e em outros cinco estado brasileiros desde a madrugada desta segunda-feira (2). A ação foi batizada de "Operação Piloto" e serão cumpridos 46 mandados de prisão e 53 de busca e apreensão. No Paraná, os mandados serão cumpridos em Umuarama, Foz do Iguaçu, Londrina, Cascavel, Cambé, Ibiporã e Xambrê. Os outros estados envolvidos na operação são SP, SC, MS, ES e SE. Até as 9h30, 24 mandados de prisão tinham sido cumpridos. Até este horário, outras três pessoas foram presas em flagrante por porte ilegal de armas.


PF faz operação para combater tráfico internacional de drogas

De acordo com a PF, as investigações começaram há sete meses em Londrina, quando um empresário do ramo de transportes de Umuarama, no noroeste paranaense, estava usando sua frota para transportar drogas vindas do Paraguai.

Ainda conforme a PF, uma rede internacional com 16 quadrilhas comprava maconha, crack, armas de fogo e munição no Paraguai e transportava para o Brasil. Desde o início das investigações, 67 pessoas foram presas e mais de 50 veículos, apreendidos. Os policiais também apreenderam 49 toneladas de maconha, 383 quilos de cocaína, 125 quilos de crack, 8.052 comprimidos de ecstasy, 15 armas e munição.

"Nestes sete meses, conseguimos pegar as cargas e as pessoas que faziam a movimentação dessas drogas. Agora, a operação pretende pegar os líderes dessas quadrilhas, os mentores desses crimes", disse o delegado-chefe da PF em Londrina, Nilson Antunes da Silva.

Fonte: G1