PF aciona restaurante que servia carne humana

o restaurante teria como inspiração gastronômica o hábito canibal

A Polícia Federal investiga a existência de um suposto restaurante que serviria carne humana nas proximidades de Guajará-Mirim, a 320 km de Porto Velho (RO). O caso ganhou notoriedade na Europa na quinta-feira, depois que o jornal inglês The Guardian, a revista semanal alemã Der Spiegel e a agência EFE noticiaram a abertura de uma filial em Berlim, capital da Alemanha. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Chamado de Flimé, o restaurante teria como inspiração gastronômica o hábito canibal dos índios da etnia Wari. A carne humana servida, segundo noticiado pela imprensa europeia, seria proveniente de doações. No site do restaurante, hospedado na Inglaterra e escrito em português de Portugal, há um cadastro para quem quiser "associar-se". Após responder a perguntas como "é fumante?", há a seguinte observação na página: "Os membros associados do Flimé concordam em doar para o Flimé qualquer parte de seu corpo, que será determinada pelo próprio associado. O Flimé assumirá apenas os custos hospitalares". Segundo o delegado da PF no município, Julio Mitsuo Fujiki, a notícia sobre o suposto restaurante "não passa de uma piada de muito mau gosto". "Estamos levantando as informações necessárias para tomar medidas judiciais cabíveis", afirmou.

Fonte: Terra, www.terra.com.br