PF prende candidata a vereadora e 6 PMs no RJ

A operação, da Delegacia de Defesa Institucional da PF, ocorre na zona oeste da cidade

Agentes da Pol?cia Federal (PF) do Rio de Janeiro prenderam nesta manh? a candidata a vereadora Carminha Jerominho, filha do vereador Jerominho, que est? preso acusado de chefiar um grupo de milicianos. Segundo o superintendente da Pol?cia Federal do Rio de Janeiro, Valdinho Jacinto Caetano, at? as 11h, foram presos 11 suspeitos, entre eles 6 policiais militares. Outros 11 suspeitos ainda s?o procurados, inclusive Luciano Guimar?es, irm?o de Carminha.

A opera??o, da Delegacia de Defesa Institucional da PF, ocorre na zona oeste da cidade e deve cumprir 21 mandados de pris?o expedidos pela Justi?a Eleitoral com base em inqu?rito que aponta a participa??o de mil?cias em crimes eleitorais. Cerca de 150 agentes, do Rio de de Bras?lia, participam da a??o. O grupo preso ? acusado de forma??o de quadrilha, tentativa de homic?dio e crime eleitoral por for?ar algu?m a votar em um candidato espec?fico.

Carminha foi detida em sua casa, em um condom?nio em Campo Grande, na zona oeste da cidade, e n?o resistiu ? pris?o. Na Barra da Tijuca, tamb?m na zona oeste, os policiais federais prenderam em casa Guilherme Bernardelli, que tamb?m faria parte do grupo denominado Liga da Justi?a, comandado por Jerominho e seu irm?o, o ex-deputado estadual Natalino Guimar?es. O parlamentar foi cassado pelo plen?rio da Assembl?ia Legislativa do estado e est? preso.

A Pol?cia Federal marcou para as 11h uma entrevista coletiva na sede da superintend?ncia da institui??o, na Pra?a Mau?, para detalhar a opera??o. Os suspeitos presos s?o encaminhados para a Superintend?ncia da Pol?cia Federal.

Fonte: Terra, www.terra.com.br