PF prende juiz de futebol infantil por abuso sexual de garotos

Juíz aproveitava a proximidade com os jogadores para atraí-los para sua casa, onde praticava os abusos.

Através da operação Jogo Sujo, a Polícia Federal (PF) prendeu nesta terça-feira, em Divinópolis, a 120 km de Belo Horizonte, um juiz de futebol amador de 36 anos que abusava de crianças e adolescentes. Segundo a investigação, o homem - que não teve a identidade revelada pela PF - apitava partidas de campeonatos infantis em Minas Gerais e aproveitava a proximidade com os jogadores para atraí-los para sua casa, onde praticava os abusos. Ele também fazia fotos e vídeos de algumas cenas.

De acordo com a PF, um promotor da Vara da Infância e Juventude de Divinópolis tomou conhecimento dos fatos há cerca de dois meses e avisou a polícia. Na manhã de hoje, os agentes fizeram buscas na casa do juiz e na loja onde ele trabalha, no centro da cidade. Os abusos aconteciam nos dois locais. Foram apreendidos computadores, pen-drives e celulares.

Segundo as investigações, ele compartilhava o material na internet. A PF não informou quantos nem a idade das vítimas do juiz. Ele foi preso, indiciado por estupro de vulnerável, pelo qual pode pegar até 15 anos de prisão, e também no artigo 240 do Estatuto da Criança e do Adolescente, que prevê pena de até oito anos para quem produz material fotográfico ou filma menores de idade em cenas de sexo. Após ser interrogado, ele será encaminhado para o presídio Floramar, em Divinópolis.

Fonte: Terra