PF prende médica acusada de trocar consulta por voto no MA

De acordo com a PF, a prisão se deu em uma residência localizada no bairro Recanto dos Vinhais

A Polícia Federal (PF) prendeu na manhã desta terça-feira (21) três pessoas acusadas de trocarem consultas médicas por votos em São Luís, capital do Maranhão. A denúncia foi feita pelo Ministério Público Eleitoral (MPE).

Com a médica que realizava as consultas de forma gratuita foram encontrados panfletos de dois candidatos à Câmara Federal e à Assembleia Legislativa do estado, além de carteiras de trabalho, títulos de eleitores e medicamentos de uso exclusivo hospitalar.

De acordo com a PF, a prisão se deu em uma residência localizada no bairro Recanto dos Vinhais. A casa onde eram realizadas as consultas gratuitas estava caracterizada com cartazes de outros candidatos colados nos muros e nas paredes. Em nota divulgada nesta noite, a PF não informou o nome das pessoas que foram detidas.

Durante a Operação, a PF prendeu a médica, a proprietária da residência e uma paciente que estava sendo atendida no local. Com a dona da casa, a polícia ainda encontrou duas carteiras de trabalho, com sua foto, e dois títulos de eleitor. O flagrante está sendo feito pela superintendência da PF no Maranhão.

Fonte: g1, www.g1.com.br