PF prende presidente da Câmara de Angra dos Reis

Decretada em 1º de outubro, a prisão de Vilma teve que ser adiada porque ela se candidatou a deputada estadual.

A Polícia Federal prendeu na manhã desta sexta-feira a presidente da Câmara de Vereadores de Angra dos Reis (RJ), Vilma dos Santos, e o advogado Marcos Ubiraci por coação de testemunhas. A ação foi realizada por determinação da juíza da 147ª ZE do município, Juliana Bessa Ferraz Krykhtine. As informações são do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ).

Decretada em 1º de outubro, a prisão de Vilma teve que ser adiada porque ela se candidatou a deputada estadual. Neste período, a legislação permite a prisão de candidatos apenas em flagrante delito. O benefício da lei valia até as 17h de 5 de outubro e não se estendia ao advogado. Por estratégia, porém, a PF optou por efetuar a prisão dos dois acusados em conjunto.

Em janeiro, fiscais da 147ª ZE haviam fechado o gabinete da vereadora que servia de fachada para um centro social. Um inquérito foi então instaurado na delegacia da PF com base no artigo 299 do Código Eleitoral, que pune a compra e a venda do voto. Ao prestar depoimento, as testemunhas disseram sofrer ameaças de Vilma dos Santos e Marcos Ubiraci. O Ministério Público Eleitoral pediu a prisão dos acusados, que foi determinada pela juíza Juliana Krykhtine.

Fonte: Terra