PI: Acusado de estuprar sobrinha doente mental é solto pela Justiça

O crime aconteceu em março deste ano em Cocal, Norte do Piauí.

A Justiça  de Cocal concedeu liberdade provisória para Evangelista de Oliveira Limna, de 58 anos, acusado de estuprar a sobrinha que sofre de esquizofrenia. O suspeito, que na época foi capturado em sua própria casa, encontrava-se na Penitenciária Mista de Parnaíba desde o dia 05 de março, quando  aconteceu o crime. 

A defesa de Evangelista, representada pelo advogado Matheus Mendonça de Sousa, fez o pedido de liberdade provisória, alegando que a instrução judicial já se encerrava sem precedentes de diligências. Além disso, alegaram que o indiciado possui residência fixa, bons antecedentes, ocupação licita e demais atenuantes. 

A sessão, presidida pelo juiz titular Dr. Carlos Augusto Arante Júnior, teve como representante do Ministério Público o Promotor Francisco Túlio Ciarlini Mendes. A vítima e testemunhas do caso não compareceram. 

Image title

Entenda o caso

Uma equipe da Policia Civil prendeu, no dia 05 de março deste ano, um homem de 58 anos de idade, de iniciais E.de O.L., acusado de abusar sexualmente da própria sobrinha de 27 anos, que sofre de problemas mentais (esquizofrenia). O acusado recebeu voz de prisão em sua residência, situada no Bairro Santa Teresinha, em Cocal.

Na delegacia o homem negou as acusações e diz ser vitima de denunciação caluniosa. O processo está tramitando em segredo de justiça, por conta disso, a identidade de ambas as partes devem ser preservadas por medida de segurança. O mandado de prisão preventiva foi expedido pelo Juiz da Comarca de Cocal.


Fonte: Portal Meio Norte