PI: Testemunha diz que viu irmãos abusando da mãe: "Cena terrível"

O delegado Laércio Evangelista está investigando o caso.

Um caso de grande repercussão está comovendo toda a população do Piauí. E mais uma vez, aconteceu na cidade de Castelo. Desta vez, dois irmãos, identificados como Antônio mais conhecido como ‘Boneco Doido e Francisco, de 32 anos estão sendo acusados de abusar sexualmente da própria mãe.

Testemunha contou a cena (Crédito: Reprodução)
Testemunha contou a cena (Crédito: Reprodução)

A suposta vítima é a idosa chamada Eva, de 69 anos, moradora do bairro Vila Nova. Ao ser questionada sobre o assunto a mulher negou o caso: “Eles jamais fizeram isso comigo”. Um dos acusados, que já tem passagem pela polícia, também fez questão de negar: “Eu nunca teria coragem de fazer uma coisa dessas e meu irmão apesar de ter problemas mentais respeita todo mundo, quem inventou tudo isso foi minha ex-mulher”, declarou ele que já foi preso por tráfico, roubo e furto no município.

Só que nesta quarta-feira (27), uma mulher que não quis se identificar resolveu se pronunciar e afirmou que já viu os irmãos cometendo o abuso sexual contra a própria mãe. “Eu não acreditava quando ouvia o que as pessoas falavam só que um dia eu estava na minha casa quando uma vizinha me chamou para eu ver com meus próprios olhos o que estava acontecendo na casa da dona Eva”, disse ela.

Ela contou ainda que conseguiu ver toda a cena pela janela. “Foi uma cena horrível, o filho mais velho segurava a mãe e o outro que sofre de problemas mentais cometia o abuso”, afirmou.  Ao ser indagada porque não gravou o ato, a mulher contou que estava sem celular e quando foi pegá-lo os homens perceberam a movimentação e saíram do quarto.

“Queria muito ter gravado para ter provas concretas e denunciar os dois para a polícia”, falou ela. O responsável pelo caso é o delegado Laércio Evangelista que está investigando e ouvindo todas as testemunhas.

Delegado Laércio Evangelista investiga o caso (Crédito: Reprodução)
Delegado Laércio Evangelista investiga o caso (Crédito: Reprodução)
Acusado já tem passagem pela polícia (Crédito: Reprodução)
Acusado já tem passagem pela polícia (Crédito: Reprodução)
Irmão sofre de problemas mentais (Crédito: Reprodução)
Irmão sofre de problemas mentais (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do Tribuna em Foco