Piauí tem um homicídio por dia, diz dados da Polícia Civil

Os dados foram coletados pelo Sindicato dos Policiais Civis do Piauí referentes aos três primeiros meses do ano

Mais de 100 pessoas morreram nos três primeiros meses do ano e mais de um homicídio acontece a cada dia no estado do Piauí. É o que mostra a pesquisa realizada pelo Sindicato dos Policiais Civis do Piauí realizada nos últimos 90 dias. Crimes cometidos por arma de fogo lideram a lista da violência, encorpado pelo tráfico de drogas.

Mesmo sendo o estado menos violento do Brasil, os dados são preocupantes porque apresentam crescimento em relação ao ano anterior. Outra preocupação é o fato de dois terços dos assassinatos serem realizados com arma de fogo, reforçando a facilidade que os cidadãos têm em conseguir revólveres, espingardas e pistolas. Segundo Cristiano Ribeiro, presidente do Sinpolpi, a criminalidade gerada pelo uso de drogas é o principal motivo da violência no Estado.

O estudo aponta que cresceu o número de vítimas menores de 21 anos. Foram 25 mortos apenas neste ano, majoritariamente entre brigas de gangue.

?Estes dados só reforçam a necessidade iminente dos governantes em estabelecer políticas de combate às drogas mais eficientes. Estamos perdendo muitos jovens para o vício e, muitas vezes para a criminalidade. Não podemos deixar isso acontecer?, afirma o presidente do Sinpolpi.

Em Teresina, a zona Sul da cidade continua com o posto de área mais violenta. Foram 27 mortes em 2013, contra 10 na zona norte e 12 mortes nas zonas leste e sudeste, cada.

Para Cristiano, a pesquisa constata que o piauiense está se armando cada vez mais. Nos municípios do interior do estado aconteceram 51 homicídios, sendo que Barras e Parnaíba registraram maior número de assassinatos.

?A grande maioria dos delitos hoje são perpertados pelo uso de droga. Afirmamos e cobramos do estado uma participação mais efetiva em relação ao combate às drogas, pois é um problema que está destruindo a juventude e desestruturando famílias.

E apesar de o Piauí não figurar entre os estados mais violentos da nação, são números assustadores. Eles crescem em uma escala assustadora e coloca a vida da população em risco?, finaliza Cristiano.


Piauí tem um homicídio por dia, diz dados da Polícia Civil

Fonte: Olegário Borges