Piauí terá policiamento ostensivo com patrulha nos bairros

Serão viaturas com dois policiais que cobrirão uma área de 2 km quadrados e em caso de ocorrência os policiais acionam o distrito mais próximo.POLIC

O governo do Piauí está investindo em segurança e intensificando o policiamento das cidades. O governador Wilson Martins anunciou um novo projeto, que deve ser lançado em até 60 dias. É o Patrulha nos Bairros, nome ainda não definitivo, que oferece maior policiamento ostensivo à população. A declaração foi dada durante gravação do programa Conversando com o Governador, da Agência Rádio CCom (Coordenadoria de Comunicação Social), nessa segunda-feira (19).

Serão viaturas com dois policiais que cobrirão uma área de 2 km quadrados e em caso de ocorrência os policiais acionam o distrito mais próximo. ?Policiais do Distrito se deslocam até o local da ocorrência para evitar que os policiais das viaturas abandonem o local da ronda, mesmo que por poucos minutos. O piauiense terá uma maior sensação de segurança?, enfatizou. A princípio, o programa será instalado em Teresina, posteriormente será expandido para as maiores cidades do Estado.

O projeto piloto já tem verba garantida para a aquisição de 150 veículos pick ups e 300 motocicletas, que serão guiados por militares devidamente treinados. Outra prioridade destacada por Wilson Martins é a implementação do projeto Piauí Digital, que vai garantir internet em banda larga para todo o Piauí de forma gratuita. Para ele, a ferramenta é indispensável dos dias de hoje para inclusão social e educação da população. ?A educação é o melhor investimento para o desenvolvimento de um povo. Através da internet é possível aprender muitas coisas, trocar experiências e informações?, explicou.

O governador ressaltou que os dois projetos poderão ser utilizados de forma integrada e citou como exemplo a ajuda da população à polícia para localizar assaltantes de um banco. ?Durante o assalto, testemunhas podem postar as informações na internet de forma que facilite a localização dos bandidos e o cerco da polícia?, falou.

A parceria entre o governo e as prefeituras está garantida para a execução do programa e o município só precisa ceder os terrenos para instalação do Telecentro, que deve ter 100 metros quadrados. A população terá o benefício de graça, mas precisa obedecer alguns pré-requisitos. ?Um deles é estar com os filhos todos matriculados na escola. É preciso garantir a ocupação dos jovens e crianças com a internet, mas também é necessário assegurar um futuro através da educação?, pontuou.

Fonte: CCOM, www.pi.gov.br