Piloto Jenson Button é abordado por seis homens armados mas escapa de tentativa de assalto em Interlagos

Piloto Jenson Button é abordado por seis homens armados mas escapa de tentativa de assalto em Interlagos

Eles escaparam sem estarem armados e retornaram ao hotel na Zona Sul, onde estão hospedados.

Em entrevista ao jornal inglês The Independent, o piloto Jenson Button relatou momentos de terror que passou em São Paulo, na noite de sábado, quando foi abordado por seis homens armados no trajeto de Interlagos até seu hotel. Button deu ênfase às manobras do homem que dirigia a perua onde estava, a quem classificou como "uma lenda", e ficou satisfeito por não estar com sua namorada durante a tentativa de assalto.

"Estávamos voltando e andando lentamente em uma rua engarrafada. Vimos um cachorro vindo, e ele era lindo. A próxima coisa que vi foi um homem com uma arma. Perguntei: isso não é uma arma? Tão logo eu disse isso, o motorista mudou a direção do carro e fugiu. Foi quando vimos seis homens, todos portando armas", relatou Jenson Button.

Button relatou ao jornal britânico que estava com o pai John, o empresário Richard Goddard e o treinador Mike Collier. Eles escaparam sem estarem armados e retornaram ao hotel na Zona Sul, onde estão hospedados.

"Meu motorista foi uma lenda. Ele ultrapassou cerca de cinco carros, foi muito assustador. Estou feliz porque minha namorada (Jessica Michibata) não estava comigo. Ela se sentiria terrível", afirmou Button, que disse ter contado com a sorte e relatou a proximidade de policiais durante o acontecimento.

A escuderia McLaren confirmou que autoridades paulistanas se prontificaram a oferecer segurança adicional a Button e seu parceiro de equipe, Lewis Hamilton, no trajeto de ida e volta para o autódromo de Interlagos.

Fonte: Terra, www.terra.com.br