Pintor quer ser preso para se livrar de crack

Um pintor de paredes de 30 anos pediu para ser preso

Um pintor de paredes de 30 anos pediu para ser preso no último domingo em Franca, no interior de São Paulo, por não conseguir abandonar o vício em crack. Usuário de drogas desde os 15 anos, como não ficaria preso sem ter cometido crime, o homem disse aos policiais que existia um mandado de prisão contra ele por falta de pagamento de pensão alimentícia do filho de 8 anos. Depois de conferir a informação, os policiais o prenderam na Cadeia da Guanabara, também em Franca. O prazo de prisão é de 30 dias. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O homem gastava todo o salário em drogas. Para tentar livrar-se do vício, recorreu à religião e a um centro de recuperação, mas não houve resultado. A droga o levou a se separar da mulher e do filho, e a relação com os pais, com quem morava no Jardim Noêmia, também era difícil.

Fonte: Terra, www.terra.com.br