Plantação de maconha abastecia os municípios de Picos e Jaicós

Ao sobrevoar a região a polícia detectou locais diferentes

A Polícia Militar de Picos descobriu a existência de uma plantação de maconha, através de drones que ajudavam a polícia e o Corpo de Bombeiros a mapear a área tomada pelo incêndio florestal, que atingiu uma grande extensão de mata na última semana.

De acordo com comandante do 4º BPM, tenente coronel Edwaldo Viana, ao sobrevoar a região a polícia detectou locais diferentes.

“Eram locais verdes com divisas, no local tinha muita água. Além disso, quando o fogo atingiu a área os bombeiros perceberam um cheiro forte, similar ao de maconha. Quando retornamos ao local com o drone, os criminosos tentaram derrubar o aparelho a tiros”, explicou o comandante.

Ainda segundo Viana, após a confirmação policiais estiveram no local, que está localizado entre as cidades de Geminiano e Jaicós. “É um local de difícil acesso, e as plantas que sobraram nós queimamos. Já existem suspeitas de quem cultivava as ervas e vamos continuar com esse trabalho de investigação, em conjunto com a Polícia Civil”.

A droga cultivada na região abasteceria o comércio do tráfico em Picos e Jaicós.

Image title
Image title

Fonte: Grande Picos