PM acusado de violentar enteada de 12 anos

A menina resolveu falar dos abusos sofridos depois de assistir uma palestra sobre pedofilia na escola

Um policial militar do Distrito Federal está sendo acusado de ter abusado sexualmente da enteada de 12 anos há pelo menos seis anos. O homem de 41 anos estava casado com a mãe da vítima nos últimos oito anos, mas a mulher diz que não desconfiava que a filha estivesse sendo violentada pelo padrasto. Antes do caso se tornar conhecido da família e da polícia, o PM ainda tentou convencer a menina a se calar.

A menina resolveu falar dos abusos sofridos depois de assistir uma palestra sobre pedofilia na escola. Ela contou a uma amiga que era violentada em casa, e foi esta pessoa quem denunciou o caso à diretoria da instituição. O caso está sendo investigado, mas o policial pode não ser afastado das ruas e continuar trabalhando normalmente, segundo o comando da PM local.

Fonte: R7, www.r7.com