Policial militar de folga morre após reagir a assalto e leva tiro na barriga

Ele teria reagido ao assalto e levou um tiro na barriga.

O subtenente Gerson Siqueira Bastos, de 52 anos, que trabalhava no 4º Batalhão de Polícia Militar em São Cristóvão, na zona norte do Rio, morreu neste sábado após ser baleado durante uma tentativa de assalto. Segundo a PM, o policial, que estava de folga, passava de carro pelo bairro Barros Filho acompanhado pela mulher quando foi abordado por criminosos. Ele teria reagido ao assalto e levou um tiro na barriga.

Bastos chegou a ser levado para o Hospital Estadual Carlos Chagas, em Marechal Hermes, mas não resistiu aos ferimentos. Também na madrugada de sábado um policial militar morreu após ser baleado durante uma perseguição em Bangu, na zona oeste do Rio de Janeiro.

O sargento Maurício Pedro da Silva, de 44 anos, do 14º BPM (Bangu), foi atingido por um disparo de arma de fogo no tórax enquanto perseguia suspeitos em Magalhães Bastos, na zona oeste da cidade. Ele estava dentro de uma viatura com uma equipe do Grupamento de Ações Táticas (GAT) quando foi alvejado. Ele foi socorrido e encaminhado ao Hospital Estadual Albert Schweitzer, em Realengo, mas não resistiu aos ferimentos e morreu ainda durante a madrugada. Os dois suspeitos conseguiram fugir depois de atingir o policial.

Fonte: Terra