PM do Maranhão coloca policiais dentro de ônibus para evitar ataque

Ordem dos ataques partem do Complexo Penitenciário de Pedrinhas

Empresas de ônibus que operam em São Luís, no Maranhão, começaram a ser monitoradas nesta segunda-feira (23) por oficiais da Polícia Militar e por fiscais do Procon e da Agência de Mobilidade Urbana (MOB). O objetivo é assegurar a circulação normal do transporte público na Região Metropolitana de São Luís, que vem sofrendo ataques aos veículos ao longo dos últimos quatro dias.

Desde quinta-feira (19), quando os primeiros ônibus foram queimados na capital, houve 14 tentativas de ataque e 38 pessoas foram presas. 

A determinação de fiscalizar a circulação de ônibus foi tomada em uma reunião que aconteceu no domingo (22), no Palácio dos Leões, entre o governador Flávio Dino e os presidentes do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís (SET), e do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão (Sttrema).

Segurança dentro dos ônibus em São Luís
Segurança dentro dos ônibus em São Luís
Fonte: iG