PM é morto a tiros e pedradas em emboscada montada por jovem

A menro acusada mantinha um envolvimento com o policial militar.

Image title

Um policial militar  identificado como Ítalo Bruno Pereira Rocha, de 25 anos, foi morto a tiros e pedradas, no Espirito Santo, na noite do último domingo (30). De acordo com a polícia, ele foi vítima de uma 'armadilha' arquitetada por uma adolescente com quem mantinha envolvimento afetivo.

A jovem, que foi detida na manhã de segunda-feira (31), teria contado com a ajuda de mais seis pessoas. No momento do crime, o policial estava acompanhado de um amigo que conseguiu fugir dos criminosos que mataram Ítalo Bruno a tiros e pauladas. Além disso, ele  já reconheceu quatro dos sete detidos que mataram seu amigo.

A polícia utilizou câmeras de segurança para identificar os autores do crime que ganhou repercussão nacional. O corpo do policial foi enterrado nesta terça-feira (01).


Image title

Image title

Image title





Fonte: Com informações do R7