PM é preso após matar ocupantes de carro na zona leste de SP

Os dois homens foram encaminhados para o Pronto-Socorro de Sapopemba, mas acabaram morrendo

Um policial militar foi preso na madrugada deste sábado após matar dois homens dentro de um carro, na rua Gaia, em São Mateus, na zona leste de São Paulo. Segundo as primeiras informações, o PM de folga teria reagido a uma tentativa de homicídio quando passava pela rua, acompanhado da mulher e dos filhos. Na versão do militar, o carro teria fechado o seu veículo e, ao notar que os supostos criminosos iriam atirar, ele teria reagido. Os dois homens foram encaminhados para o Pronto-Socorro de Sapopemba, mas acabaram morrendo.

Mais tarde, após a perícia da Polícia Civil, a versão do PM foi contestada e ele foi levado para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e autuado em flagrante por duplo homicídio doloso, quando há intenção de matar. A polícia agora tentará descobrir a origem da arma de brinquedo encontrada com os dois rapazes mortos e quem recolheu as cápsulas do local do crime. Segundo o DHPP, o policial deverá ser transferido para o presídio da Polícia Militar Romão Gomes, localizado na zona norte da capital paulista.

Onda de violência

Desde o início do ano, ao menos 90 policiais foram assassinados no Estado. Desse total, 18 eram aposentados e três estavam em serviço. Além disso, o Estado continua a enfrentar um grande índice de violência. Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública, só na capital houve um crescimento de 102,82% no número de pessoas vítimas de homicídio no mês de setembro, em comparação ao mesmo período do ano passado. Em todo o Estado, a alta foi de 26,71% no mesmo período.

Fonte: Terra