PM é preso por suspeita de roubar morador de favela em Copacabana

Polícia vai investigar denúncia; PM foi preso administrativamente

Um policial da UPP na Zona Sul do Rio de Janeiro, foi preso administrativamente  após ser acusado por um morador do Vidigal de roubo.

A Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP) afirmou, em nota, que determinou a abertura de uma averiguação sumária para apurar a denúncia contra o policial da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Vidigal, que estava apoiando o patrulhamento na comunidade Pavão-Pavãozinho. Posteriormente, ele poderá ser submetido a um Inquérito Policial Militar (IPM).

Segundo a ocorrência, registrada na 12ª DP (Copacabana), o morador estava subindo a ladeira Saint-Roman, que dá acesso ao Cantagalo, quando foi abordado pelo soldado, que estava com outros policiais. A vítima diz que teve relógio roubado e a carteira rasgada, além de ter recebido spray de pimenta no rosto.


UPP  (Crédito: Reprodução)
UPP (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do G1