PM é principal suspeito de matar sargento de folga com vários tiros

PM é principal suspeito de matar sargento de folga com vários tiros

Sargento Marcelo Fukuhara foi assassinado no dia 7 de outubro.

A Polícia Militar já tem um suspeito de ter participado do assassinato do sargento da Polícia Militar Marcelo Fukuhara, na madrugada do dia 7 de outubro, em Santos, no litoral de São Paulo. Segundo a corporação, o suspeito é um policial militar que foi recolhido pela Corregedoria da PM, em São Paulo. O homem também está sendo investigado por ter participado de roubos a caixas eletrônicos.

Em entrevista à TV Tribuna, Rosana Alves Gonçalves, viúva do sargento, falou sobre a perda do marido, fez críticas à Polícia Militar, ao Estado e fez um apelo aos governantes e à população. ?Eu peço para a sociedade não esquecer o Marcelo Fukuhara. Eu imploro justiça, que me tragam esses homens que fizeram isso com meu marido. Pelo menos que eu saiba que lutaram por ele, que pegaram e prenderam esses marginais. Eu imploro para a sociedade ficar do meu lado.?

Crime

Marcelo Fukuhara, de 45 anos, foi assassinado na madrugada do dia 7 de outubro enquanto passeava com o cachorro em frente ao buffet da esposa, no bairro da Ponta da Praia, em Santos. Um grupo de criminosos se aproximou do sargento e fez vários disparos. Em seguida, deram meia volta e desceram do veículo para disparar outros tiros a queima roupa. Um segurança do local tentou socorrer a vítimas mas também acabou sendo assassinado.

Homenagens

Na noite do último dia 14, na missa de 7º dia de Marcelo Fukuhara, a viúva mostrou-se muito abalada e pediu mais uma vez que o caso não seja esquecido. A cerimônia contou com forte esquema de segurança policial e muitos colegas de trabalho de Fukuhara demonstraram apoio à família. Após a missa, centenas de pessoas participaram de uma passeata pela orla da praia de Santos.

Já no dia 15 de outubro, os familiares jogaram as cinzas de Fukuhara no mar da praia do Tombo, no Guarujá. Em determinado momento, a viúva Rosana Alves Gonçalves jogou as cinzas do marido no próprio corpo e, em seguida, se lançou ao mar.

Fonte: G1