PM exonera coronel que negociou com ladrões de carro

Cabo que também fazia a negociação foi morto com vários tiros, no sábado

O Comando Geral da Polícia Militar do Rio de Janeiro exonerou, no início da tarde desta segunda-feira (1º), o coronel Carlos Henrique Alves de Lima, do Batalhão da Praça da Harmonia, no Centro. Além da exoneração, Carlos Henrique também perdeu a nomeação para o comando do BPRv (Batalhão Rodoviário).

O coronel será investigado pela corregedoria da corporação, depois que, no sábado (27), o cabo da PM, Guttemberg Conceição, de 32 anos, foi morto com pelo menos de 15 tiros, ao tentar negociar com bandidos o resgate do carro particular do coronel, no morro da Pedreira, em Costa Barros, zona norte da cidade. O carro havia sido roubado em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

Segundo informações da polícia, o coronel e o cabo pagariam R$ 2 mil para reaver o carro, mas o cabo foi morto ao entrar na favela.

Fonte: R7, www.r7.com