Polícia monta esquema de segurança no Carnaval no PI

Os policiais que ficam na área administrativa, nos quartéis da PM irão para a rua, nos dias de folia

A Polícia Militar do Piauí mandou para o interior do Estado 270 policiais, que ficarão afastados de Teresina durante os dias de Carnaval. Para compensar o desfalque na corporação que atua na capital, a PM montará um esquema especial, para manter a segurança dos teresinenses até a quarta-feira de cinzas, quando os policiais deverão estar de volta.

A chefe do departamento de Relações Públicas da PM, major Elizete Lima, explica que para manter o contingente necessário de homens, tanto no interior do estado como em Teresina, os policiais que ficam na área administrativa, nos quartéis da PM irão para a rua, nos dias de folia. Além disso, os policiais que estariam de folga nesses dias, interromperam seu descanso para trabalhar.

"Nós já fazemos esse esquema de atividades planejadas, em que os policiais vendem um dos seus dias de folga, para atuar nas ruas da cidade e fizemos o mesmo agora no Carnaval. Eles são pagos para isso e inclusive já receberam suas diárias e a quantia paga pelas folgas", explicou a major.

Além disso, começa a partir de agora a Operação Giro, que além dos dias de Carnaval, deverá permanecer depois dos dias de festa em Teresina. Com essa operação, serão colocadas 30 policiais em motocicletas, nas ruas da cidade, para coibir assaltos e demais crimes que possam vir a acontecer durante esses dias.

"Eles ficarão fazendo rondas nos locais onde é mais propícia a prática de crimes aqui em Teresina. Nós sabemos os locais e horários onde a criminalidade é mais forte e é lá que vamos atuar com a Operação Giro", disse.

Fonte: Pollyana Carvalho