Extorsão: PM"s exigem recompensa para vítima e acabam na prisão

A Corregedoria abriu procedimento administrativo para investigar o caso

Uma denúncia de tentativa de extorsão, feita à Corregedoria do Sistema de Segurança Pública do Amazonas, resultou na prisão de um tenente e de um soldado da Polícia Militar (PM), nesta sexta-feira (11), em Manaus.

Eles foram denunciados por um homem de 33 anos, vítima de roubo. Ele contou que os policiais exigiram uma "recompensa" ao entregar o carro dele, roubado na quarta-feira (9), no bairro José Bonifácio, na Zona Norte de Manaus.

Detidos por uma equipe da PM e levados à Corregedoria, o tenente e o soldado negaram a versão da vítima, mesmo assim, foram indiciados por crime de concussão e levados para o Batalhão de Guardas, onde ficam alojados os policiais militares envolvidos em crimes.

Em depoimento, o homem, que pediu para ter o nome preservado porque disse ter sido ameaçado pelos policiais, contou que o carro dele, um Fox de cor cinza, foi roubado durante um assalto, no bairro José Bonifácio. Na tarde desta sexta-feira, o veículo foi localizado na Comunidade Celebridade, dentro do bairro Parque São Pedro, também na Zona Norte.

"Os dois PM"s acharam um nota fiscal dentro do porta-luvas, contendo o endereço da minha casa e foram lá. Deixaram recado para eu entrar em contato urgente. Quando nos encontramos, eles informaram que haviam encontrado o meu carro, mas só o entregariam se eu desse uma "recompensa" para eles, sem mencionar o valor. Foi aí que pedi ajuda da Corregedoria", contou.

Também em depoimento, segundo a Corregedoria, o tenente PM e o soldado disseram que houve um mal entendido e que não tinham a intenção de extorquir o proprietário do carro.

A Corregedoria abriu procedimento administrativo para investigar o caso.

Fonte: g1, www.g1.com.br