Polícia acredita que adolescentes drogaram e estupraram menina dentro de escola

Na sala de aula, eles assistiam em dois celulares a cenas que mostravam uma menina de 14 anos

Em Varginha, no sul de Minas Gerais, três adolescentes teriam forçado uma colega, também menor, a fazer sexo. Eles ainda teriam filmado a cena com o celular, e espalhado o vídeo na escola.

O vídeo foi encontrado quando dois alunos faziam uma cópia do arquivo, entre celulares. ?A escola inteira está sabendo. Todo mundo tem esse vídeo?, diz uma aluna.

Na sala de aula, eles assistiam em dois celulares a cenas que mostravam uma menina de 14 anos, do mesmo colégio, fazendo sexo contra a vontade com três jovens. A algazarra chamou a atenção da diretora.

A Polícia Civil acredita que todos sejam menores de idade. ?Aparentemente embriagada, sob efeito de entorpecentes ou de álcool, não sei ainda caracterizar, ela foi deixando de ter aquele consentimento e passou a resistir às atitudes sexuais, pornográficas, dos três rapazes. Em um olhar leigo caracterizaria um estupro?, afirma o delegado Alexandre Franco da Rosa.

A polícia de Varginha deve abrir um procedimento especial de investigação.

A garota, a avó que cuida dela e os dois estudantes flagrados com os celulares foram ouvidos nesta quinta-feira (17).

Segundo o delegado, a menina não quis identificar os rapazes que aparecem com ela no vídeo.

Fonte: g1, www.g1.com.br