Polícia apreende cerca de R$ 1,5 milhão na casa de prefeito do PMDB

As operações investigam fraudes de até R$ 9,9 milhões.

Na manhã desta segunda-feira (05) a polícia aprendeu cerca de R$ 1,5 milhão (cédulas da moeda nacional, dólares e euros), na casa de Reinaldo Nogueira (PMDB), prefeito de Indaiatuba, São Paulo. As operações, que investigam fraudes e superfaturamento na despropriação de imóveis,  também ocorreram em Bragança Paulista.

De acordo com informações da polícia,  foram cumpridos 12 mandados de prisões na Prefeitura, onde foram apreendidos cerca de R$ 400 mil. Em Bragança Paulista, houve dois mandados de busca e apreensão na casa do prefeito, Fernão Dias (PT). "Não encontraram nada dentro da minha Prefeitura. Posso garantir. Nenhuma desapropriação foi feita no meu governo", disse Fernão, por telefone.

A Procuradoria está investigando a negociação de um terreno, no valor de R$ 450 mil. A área foi comprada por uma das empresas investigadas e, posteriormente, pela Prefeitura. O terreno teria sido desapropriado pela administração municipal de Indaiatuba pelo valor de R$ 9,9 milhões.

Outra investigação envolve a compra de imóveis, por empresas da cidade, que depois eram desapropriados pela Prefeitura por um valor maior. O valor excedente era repassado para os envolvidos no suposto esquema ilegal.

Image title



Fonte: Com informações do G1