Polícia apura agressões de 02 soldados a adolescente

As imagens da agressão mostram desde a abordagem do rapaz, que estava conduzindo uma motocicleta

A Polícia Militar da Bahia informou nesta sexta-feira por meio de nota oficial que foi instaurado um inquérito para apurar as agressões de dois agentes contra um adolescente, em Feira de Santana (108 kms de Salvador). O fato foi registrado na quinta-feira pelas câmeras de segurança da empresa em que a vítima trabalha, naquela cidade.

O inquérito será conduzido pela 67ª Companhia Independente de Feira de Santana, à qual os dois soldados pertencem, e envolverá não somente os aspectos criminais, uma vez que também teria sido aberto um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) para avaliar a conduta e permanência dos policiais que já estão afastados do serviço operacional até o término das apurações.

As imagens da agressão mostram desde a abordagem do rapaz, que estava conduzindo uma motocicleta, pelos PMs na avenida João Durval, até tapas, chutes e socos, mesmo depois que a vítima estava no chão.

De acordo com os registros das câmeras, a sessão de espancamento só parou porque um dos policiais agressores decide controlar o outro. Depois de ser agredido, o rapaz, que trabalha em uma oficina de motos, foi algemado e levado para a Delegacia do Menor Infrator, onde prestou depoimento e foi liberado. Na sequência, ele registrou queixa contra os policiais pela agressão.

Os policiais militares alegaram na ocorrência que foi registrada na Polícia Civil que o adolescente resistiu à ordem de parar e pilotava a moto sem habilitação. Um dos policiais afirmou que teve que reagir depois de ser agredido.

Fonte: Terra, www.terra.com.br