Polícia arma "operação de guerra" para ocupar maior cracolândia do Rio de Janeiro

Polícia arma "operação de guerra" para ocupar maior cracolândia do Rio de Janeiro

As equipes das polícias Militar, Civil e Rodoviária Federal continuam nos dois complexos em operações de buscas de criminosos.

A Secretaria de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro informou que os complexos de Manguinhos e Jacarezinho, na zona norte do Rio de Janeiro, já estão sob o controle das polícias Militar e Civil. Os dois complexos, alvos da operação Pacificação Manguinhos, foram recuperados pelas forças policiais às 5h deste domingo (14), com apoio de fuzileiros navais e efetivos da Polícia Rodoviária Federal, sem encontrar resistência, o que permitiu o domínio dos dois territórios em apenas 20 minutos.

As equipes das polícias Militar, Civil e Rodoviária Federal continuam nos dois complexos em operações de buscas de criminosos e apreensões de armas, drogas e objetos roubados. Até as 8h, em Manguinhos, foram encontrados 10 kg de maconha. No Jacarezinho, policiais apreenderam 11 kg de pasta base de cocaína e 1 kg de maconha. Mais de 80 usuários de drogas foram acolhidos e levados para abrigos do município. O trânsito na zona norte sofre interdições em várias ruas e motoristas devem evitar a área.

Pelo menos 2.042 agentes de segurança, entre policiais e fuzileiros navais, participaram da operação Pacificação Manguinhos, que marca a fase de ocupação das comunidades de Manguinhos, Mandela e Varginha, além de Jacarezinho, preparando-as para receber em alguns meses uma UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) ? a 29ª UPP do Estado. Pelo dez traficantes são procurados na região.

Quase 900 policiais da Polícia Militar, incluindo os batalhões de Operações Policiais Especiais, de Choque, de Ação com Cães e o Grupamento Aéreo-Marítimo, com apoio de efetivos e blindados dos fuzileiros navais, ocupavam as comunidades no início da manhã.

Outros 400 policiais militares operavam simultaneamente na Baixada Fluminense e nas zonas norte e oeste, no cerco e busca de armas, drogas e criminosos em várias ruas e comunidades. Ao todo, a PM está utilizando 11 veículos blindados ? sendo cinco deles no Complexo de Manguinhos ? e três helicópteros.

Mais 165 agentes da Polícia Civil ? da Coordenadoria de Recursos Especiais e de várias delegacias distritais e especializadas ? faziam uma operação na comunidade vizinha do Jacarezinho, com apoio de dois helicópteros, numa iniciativa de apoio à ocupação do complexo de Manguinhos. Outros 300 policiais civis também estavam mobilizados na operação.

Os fuzileiros navais apoiavam tanto a Polícia Militar quanto a Polícia Civil com 13 blindados e um efetivo total de 177 militares (16 oficiais e 161 praças). Cerca de cem agentes e um helicóptero da Polícia Rodoviária Federal participavam da operação Pacificação Manguinhos, atuando de forma integrada com a Polícia Militar. Agentes da Polícia Federal também apoiavam a operação, com foco nas ações de inteligência. A operação Pacificação Manguinhos contava ainda com apoio de ambulâncias do Corpo de Bombeiros, no atendimento pré-hospitalar. Assistentes sociais acolhiam usuários de drogas, principalmente crack, nas comunidades e arredores.

Fonte: R7, www.r7.com