Polícia busca gêmeos filhos da mulher que deixou bebê em lixo

Polícia busca gêmeos filhos da mulher que deixou bebê em lixo

Segundo a Prefeitura de Praia Grande, suspeita tem ao todo dez filhos.

A Polícia Civil quer saber onde estão o casal de gêmeos de 1 ano e a adolescente de 15 anos que, segundo a Prefeitura de Praia Grande, são filhos da mulher que abandonou uma recém-nascida em uma caçamba de lixo na cidade do litoral de São Paulo. O crime aconteceu na semana passada e a suspeita foi presa no sábado (23), por tentativa de homicídio e abandono de incapaz.

A mulher tem seis filhos reconhecidos. Em depoimento, ela disse que abandonou o bebê no lixo porque recebe apenas R$ 600 e, por isso, não tem condições de sustentá-lo. Ela também alega ter sofrido depressão pós-parto, hipótese refutada pela polícia.

O pai da suspeita prestou depoimento na terça-feira (26) e afirmou que a filha passou por um ?momento de desespero? ao deixar a criança na caçamba. Também foi ouvido pela polícia o catador de latinhas que encontrou a recém-nascida.

Miguel Lemos Ribeiro, possível pai da menina, teve material genético colhido para exame de DNA. A criança pode ser fruto de um relacionamento extraconjugal. Em entrevista à equipe de reportagem do G1, Ribeiro afirmou que quer agora o perdão da atual mulher, com quem está casado há 21 anos.

Local possível do parto

A polícia ainda procura o local exato onde a mulher teve a menina. Ela pode ter feito o parto sozinha. No fim da tarde desta terça-feira (26), os delegados Flávio Magário e Rosemar Cardoso estiveram na casa de repouso onde ela trabalhava para olhar um quartinho, espécie de almoxarifado. ?Há manchas que podem ser de sangue. Os peritos vão recolher o material e, se for sangue humano, vamos fazer o confronto?, contou Magário. Ele disse já ter o DNA da menina, de mãe e agora do suposto pai.

Fonte: g1, www.g1.com.br