Polícia busca padrasto que obrigou enteada de 15 anos a abortar

Homem deu dois comprimidos de remédio abortivo para a menina

Lenilton Lopes Ferraz, de 36 anos, está sendo procurado pela Polícia Militar depois de ter obrigado a enteada de apenas 15 anos a fazer um aborto. Ele pressionou a garota, que está grávida de cerca de quatro meses a tomar um comprimido de Cytotec, remédio proibido que tem efeito abortivo.

O namorado da jovem, Anderson Pimentel Soares, de 40 anos, acionou a PM depois que ela mandou uma mensagem de celular para ele contando sobre o caso. Ao chegar na casa da adolescente, os militares a encontraram passando mal. Ela contou que o suspeito chegou chorando em casa, insistindo para que ela não tivesse o bebê e a pressionou para ingerir o remédio.

Na hora do fato, a mãe da garota não estava em casa. A jovem foi levada para o Hospital Odilon Behrens, onde foi constatado o aborto. Ferraz está foragido.

Fonte: R7, www.r7.com