Polícia identifica um responsável pelo crime

Polícia Civil identifica um dos responsáveis pela morte de universitária na Vila da Penha

Polícia Civil identifica um dos responsáveis pela morte de universitária na Vila da Penha Rio - A Polícia Civil informou, nesta sexta-feira, que já identificou um dos assaltantes responsáveis pela morte da universitária Silvana Maria de Sant"Ana Vieira, de 37 anos, atacada ao lado do marido e do filho em um sinal de trânsito na Vila da Penha, Zona Norte do Rio. De acordo com o delegado João Dias, responsável pelas investigações, um dos responsáveis pelo homicídio é Pedro Henrique de Oliveira de Souza, de 27 anos. Ele já tinha passagens na polícia por outro homicídio, além de roubo de carro. O delegado João Dias informou também que denúncias recebidas indicam que o criminoso estaria escondido na Favela de Furquim Mendes, no Jardim América, Zona Norte. A polícia ainda procura por outro bandido, mas ainda não tem informações sobre ele. A estudante de Direito Silvana Maria de Sant"Ana Vieira, foi morta em uma tentativa de assalto por bandidos que faziam um arrastão, no fim da noite de quinta-feira, na Avenida Meriti. Silvana estava dirigindo um Volkswagen Fox vermelho, quando foi abordada por dois homens em um sinal de trânsito. Maria foi atingida na cabeça e no pescoço após tentar dar partida no veículo. A estudante estava ao lado do marido e do filho de 6 anos, quando foi baleada. O casal saiu de Vista Alegre, onde moram, e seguiram para a Vila da Penha. Silvana chegou a ser socorrida, mas morreu ao dar entrada no Hospital Getúlio Vargas. De acordo com a polícia, os criminosos desembarcaram de uma Kombi, que fazia transporte alternativo, e passaram a fazer um arrastão na Avenida Meriti. Após atirar na estudante, um dos bandidos foi atropelado por um táxi. Eles fugiram em uma picape Chevrolet Montana, roubada de um jovem, que chegava em casa. Um taxista, que estava em um táxi Volkswagen Santana, também foi baleado pelos criminosos. A picape Montana foi recuperada por policiais militares do 9º BPM (Rocha Miranda), no bairro Jardim América. O caso foi registrado na 27ª DP (Vicente Carvalho).

Fonte: AE