Polícia barra manifestantes e impede invasão ao Congresso

Polícia barra manifestantes e impede invasão ao Congresso

Polícia consegue conter manifestantes e evita invasão ao Congresso Nacional

A Polícia Militar do Distrito Federal avalia como positiva a ação na frente do Congresso Nacional, onde manifestantes mascarados tentaram romper o cordão de isolamento ao prédio, mas foram contidos com spray de pimenta.

O comando da PM disse que estava preparado para agir contra 40 mil manifestantes, mas apenas 1.500 estiveram na Esplanada na manhã deste sábado (7).

De acordo com o coronel Edilson Rodrigues, coordenador geral do policiamento, a operação foi positiva porque o uso do spray de pimenta evitou a invasão e o confronto físico. Não foi necessário o uso de cassetete, por exemplo.

O coronel admitiu que a polícia desistiu de abordar e deter os manifestantes mascarados, como havia anunciado, porque avaliou que a conduta poderia levar ao confronto físico. Apenas um manifestante mascarado que não quis se identificar foi detido no início da manhã.

Um dos manifestantes atingido pelo spray de pimenta passou mal após ter uma reação alérgica, mas recebeu os devidos cuidados médicos e está bem.

Com medo de manifestações, apenas 10% do público esperado compareceu à Esplanada dos Ministérios, área central de Brasília, para acompanhar o desfile cívico de 7 de Setembro na manhã deste sábado.

O comando da PMDF (Polícia Militar do DF) disse que inicialmente a expectativa era de que 150 mil pessoas acompanhassem o desfile, mas apenas 15 mil estiverem presentes.

A polícia também disse que um dos manifestantes atingido pelo spray de pimenta passou mal após ter uma reação alérgica, mas recebeu os devidos cuidados médicos e está bem.

Fonte: r7