Polícia da França prende homem que fazia reféns em Correios; motivo seria amor

Ainda não há indicações de vínculos entre este incidente e os atentados jiahdistas da semana passada na capital francesa.

A polícia francesa deteve um homem armado que fez pessoas reféns em um posto dos correios na localidade de em Colombes, em Hauts-de-Seine, nas proximidades de Paris, nesta sexta-feira (16). A ação começou por volta das 13h locais (10h de Brasília) sexta-feira (16), e o homem foi detido pouco depois das 14h30 (11h30 de Brasília), informou a France Presse.

Informações preliminares indicam que pelo menos duas pessoas foram rendidas dentro da agência. Segundo fontes judiciais, os reféns não ficaram feridos.

Ainda não há indicações de vínculos entre este incidente e os atentados jiahdistas da semana passada na capital francesa.

O homem havia invadido o local fortemente armado, com uma arma de guerra, indicou uma fonte policial.  Ainda de acordo com fontes policiais, o homem entrou sozinho no posto, e alguns clientes conseguiram fugir. O próprio agressor chamou a polícia dizendo estar fortemente armado com granadas e uma arma kalashnikov, e “dizendo frases desconexas”. Ainda não foram ouvidos disparos no local.

A imprensa local fala que o homem estaria fora de si por motivos amorosos.

De acordo com a imprensa francesa, o posto invadido fica na Avenida Charles de Gaulle. Diversos policiais e representantes do Ministério Público foram para o no local. Um helicóptero dos serviços de segurança sobrevoam a área e um perímetro de segurança foi estabelecido.


Clique aqui e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: G1