Polícia de PE investiga o assassinato de apresentador

Maria Betânia disse que começa a criar um quadro sobre como o crime ocorreu

A Polícia Civil de Pernambuco já possui um retrato falado de um dos envolvidos na morte do apresentador de televisão Luciano Pedrosa, 46 anos. Ele foi assassinado na noite de domingo com um tiro na cabeça, na Churrascaria Porto Luna, no bairro de Bela Vista, em Vitória de Santo Antão, região metropolitana do Recife. A delegada Maria Betânia Tavares, responsável pelas investigações, disse que o retrato falado foi possível graças a uma testemunha do crime, que será mantida anônima.

Ela descreveu o cúmplice do executor do tiro, que conduzia a moto em que fugiram após os disparos. A divulgação será feita ainda na tarde desta segunda-feira. O homem que atirou em Luciano seria moreno claro, com cabelo baixo de corte tipo militar e cerca de 70 kg e 1,75 m de altura.

Maria Betânia disse que começa a criar um quadro sobre como o crime ocorreu, mas não informou que linha de investigação está seguindo. "Eu já descartei a tentativa de assalto e não posso falar mais, porque no começo qualquer investigação é difícil", afirmou. Peritos do Instituto Tavares Buril de Polícia Técnica estiveram no restaurante buscando por pistas na manhã de hoje. A polícia também procura por imagens gravadas na rua para auxiliar as investigações. O restaurante possui câmeras de vigilância, que não gravaram imagens.

Assassino efetuou quatro disparos

Luciano Pedrosa foi morto por volta das 21h de domingo, no momento em que passava para comprar comida. Ele estava conversando com o dono do restaurante quando o assassino entrou no salão e atirou quatro vezes. Os três primeiros disparos falharam, mas o terceiro foi fatal. Atingiu a cabeça do apresentador do programa Ação e Cidadania, da TV Vitória, no momento em que ele se virava para ver o que acontecia. O canal retransmite a TV Brasil na região.

Antes de chegar ao restaurante, Luciano passou pelo centro da cidade, parou para conversar com um taxista conhecido e fez uma ligação para um amigo. A polícia acredita que ele estava sendo seguido durante o percurso.

O sepultamento ocorreu às 10h, no Cemitério de Vitória de Santo Antão. Antes do enterro, o velório gerou a formação de grandes filas, sob a chuva fina que caía pela manhã. Estima-se que centenas de admiradores do apresentador tenham passado pelo velório, que ocorreu na rua, em frente à casa onde Luciano morava com a mulher, uma filha e dois enteados.

Fonte: Terra, www.terra.com.br