Polícia desbarata bocas de fumo e prende quatro pessoas em Oeiras

A operação foi realizada pela Polícia Civil da cidade.

O Núcleo de Inteligência da Polícias de Oeiras, composto pela Policias Civil e Militar estourou duas bocas de fumo, apreendeu drogas, uma arma e objetos frutos de furtos na cidade em uma operação que resultou na prisão de quatro pessoas.

A primeira abordagem foi realizada no conjunto Verde Teto, na casa de Kelson Vieira Ramos. A Polícia recebeu a informação de que na residência funcionava uma boca de fumo e que era grande o movimento do usuários de drogas. A partir dessa informação, a polícia pediu à justiça um mandado de busca e apreensão. Durante a busca, foi encontrada uma espingarda calibre 28, um computador e uma mala que haviam sido furtados da residência de uma professora no bairro Jureminha, também foi achado um saco preto em que estariam 2kg de maconha, e ainda 2 papelotes prontos para a venda.

Kelson Vieira, que estava em liberdade condicional por ter furtado uma moto em 2015, foi atuado em flagrante por tráfico de drogas, porte ilegal de armas e receptação de objetos furtados.

Já a outra boca de fumo foi estourada na Vila Santa Teresa, onde três pessoas foram presas. A abordagem também ocorreu após denúncias de que uma casa que havia sido alugada há pouco mais de um mês tinha uma grande movimentação, chamando a atenção dos vizinhos.

Ao chegar no loca, a polícia encontrou três rapazes e uma menor de 15 anos. Com os rapazes identificados por Francisco das Chagas, Wesley Renan e Erbimael Alves foram encontrados alguns papelotes de maconha em seus bolsos. Ao fazer a busca na residência, a polícia encontrou uma quantidade considerável de maconha, vários papelotes de cocaína prontos para a venda e outra parte que ainda seria preparada para comercialização, além de dinheiro.

Os três rapazes que foram presos em flagrante foram autuados por tráfico de drogas, associação para o tráfico e corrupção de menores.

A Polícia Civil ressalta a colaboração da sociedade no combate ao tráfico, pedindo que continue a colaborar com a polícia através de denúncias, garantindo o sigilo das informações.

Image title

Image title

Image title

Fonte: Com informações do Mural da Vila