Policia desvenda crime e menor confessa ter matado idosa no MA

Policia desvenda crime e menor confessa ter matado idosa no MA

Segundo o delegado Sebastião Uchôa, o caso está elucidado com a confissão da empregada.

?Eles mataram para roubar mesmo?. A afirmação é do superintendente da Polícia Civil na Capital, delegado Sebastião Uchôa, sobre o assassinato de Edelvis Fialho de Oliveira, de 77 anos. De acordo com o superintendente, o crime teria sido cometido pela empregada em companhia do namorado no último domingo (31).

Sebastião Uchôa explicou que o crime pode ser considerado como latrocínio (roubo seguido de morte). O superintendente disse, ainda, que a empregada, que é menor de idade, confessou a participação no crime durante depoimento à polícia, após ser apreendida em sua residência, na Vila Fialho.

A menor revelou que o assassinato foi motivado para roubar pertences da vítima. A polícia acredita que tanto a empregada quanto o seu namorado praticavam estes roubos havia algum tempo. Tanto, que o delegado Sebastião Uchôa afirmou que ambos ?vinham fazendo saques? da conta bancária da idosa morta.

O rapaz, identificado como Carlos Antonio de Oliveira Pimentel, foi preso no início da tarde no bairro da Ilhinha. Ele foi conduzido para a Delegacia de Homicídios.Com a apreensão da menor e a prisão de Carlos Antônio, a polícia acredita que o caso está elucidado.

No entanto, as causas da morte da idosa Edelvis Fialho de Oliveira ainda não foram confirmadas. De acordo com o delegado Sebastião Uchôa, existem vestígios de agressões no corpo da vítima, mas que apenas o laudo médico poderá confirmar se a idosa foi morta por estrangulamento. A perícia no apartamento da idosa, com o luminol - produto que evidencia os vestígios ocultos - será feita na noite desta quinta-feira

Fonte: Imirante, www.imirante.com.br