Polícia deve ouvir suposta amante de Bruno

Polícia deve ouvir suposta amante de Bruno

Fernanda Gomes vai ser apresentar espontaneamente, diz advogada.

Fernanda Gomes de Castro, suposta ex-amante do goleiro Bruno, deve se apresentar espontaneamente à polícia de Minas Gerais, por volta das 15h desta terça-feira (20). De acordo com delegado que preside o inquérito, Edson Moreira, não há pedido formal para que ela preste depoimento, mas o advogado optou por levá-la até o Departamento de Investigações (DI) de Belo Horizonte. As declarações feitas por ela serão anexadas ao inquérito que investiga o desaparecimento de Eliza Samudio.

As informações são da advogada Cíntia Ribeiro de Freitas, designada pela Ordem Advogados do Brasil (OAB) de Minas Gerais para acompanhar a apuração do caso. De acordo com ela, o advogado Ércio Quaresma solicitou a presença de representantes da OAB durante as próximas etapas da investigação. Quaresma defende cinco suspeitos de envolvimento no caso. Ele foi procurado nesta terça-feira, mas não foi encontrado.

Ainda segundo a advogada nomeada pela OAB, até o momento, ela foi comunicada formalmente apenas da apresentação da Fernanda.

Quaresma pediu a presença de representantes da OAB, durante os depoimentos, sob alegação de Macarrão, amigo do goleiro Bruno, teria sido agredido durante depoimento. Às 23h40 desta segunda-feira (19), ele foi levado ao Instituto Médico Legal (IML), para passar por exame de corpo de delito. Segundo Quaresma, um delegado deu um tapa no peito de Macarrão, que acabou caindo no chão.

Fonte: g1, www.g1.com.br