Polícia divulga imagens de homem acusado de estupro em igreja

Homem também teria tentado matar a vítima estrangulada com uma corda

A PCDF (Polícia Civil do Distrito Federal) divulgou no fim da tarde desta quinta-feira (4) imagens do homem acusado de estuprar uma jovem de 21 anos dentro de uma igreja na Asa Sul, área central de Brasília.


Polícia divulga imagens de homem acusado de estupro em igreja

A igreja Episcopal Anglicana fica na entrequadra 309/310 da cidade e o agressor, que aparenta ter entre 30 e 40 anos, chegou ao templo pedindo para falar com o bispo.

Foi então que a moça que trabalhava havia dois dias como secretária na igreja informou que o padre não estava. O homem resolveu esperar. Minutos depois, ele anunciou o assalto e disse que queria o celular da vítima.

Em seguida, colocou um pano na boca da jovem que desmaiou em seguida após ser esganada. A jovem foi encontrada por funcionários da própria igreja com marcas de sangue e inconsciente. Ela foi socorrida ao hospital e disse que foi rendida quando retornava do almoço.

Por conta disso, a polícia acredita que o agressor além de ter estuprado a mulher ainda tentou matá-la estrangulada e usou uma corda para isso.

As imagens divulgadas pela polícia foram gravadas pelo circuito interno de segurança da igreja. No vídeo, é possível ver quando o suspeito de cometer o crime chega ao local. O homem esteve no templo dois dias seguidos. No dia 02 de julho, vestia uma camisa pólo escura.

No dia seguinte, ele chegou quase no mesmo horário, mas desta vez usando roupas claras e carregando uma bolsa. Para a delegada responsável pelo caso, Ana Cristina Melo Santiago, a ação criminosa tenha sido premeditada.

? Não temos a menor dúvida. Vemos que ele entra e sai do local várias vezes até escolher a melhor hora.

O acusado também teria agido da mesma forma nos dias anteriores, pedindo para falar com o bispo. Nesta quarta-feira (3), porém, ele esperou o local ficar vazio para falar com a secretária, que foi chamar o responsável da igreja.

A polícia acredita que, com a divulgação das imagens, denúncias anônimas ajudem os investigadores a localizar o suspeito. Testemunhas disseram que ele foi visto um dia antes perto do templo pedindo dinheiro para viajar para Barreiras, na Bahia.

Fonte: r7