Polícia divulga retrato falado de suspeito de balear grávida; bandidos foram filmados

Polícia divulga retrato falado de suspeito de balear grávida; bandidos foram filmados

Imagem foi feita com base em relatos de testemunhas.

A polícia divulgou, no fim da tarde desta quinta-feira (10), o retrato falado do suspeito de ter atirado na assistente administrativa Daniela Nogueira Oliveira, 25 anos, baleada na cabeça durante tentativa de assalto na zona sul de São Paulo, na noite de terça-feira (8). A imagem foi feita com base no relato de testemunhas.

Daniela, que estava grávida de nove meses, teve morte encefálica confirmada às 15h08. Ela passou por avaliação médica no Hospital Municipal do Campo Limpo. A informação foi confirmada pela Secretaria Municipal de Saúde.

Ainda conforme a secretaria, o bebê de Daniela foi para o berçário nesta manhã. A menina, que recebeu o nome de Gabriela, estava na UTI neonatal do mesmo hospital após nascer com taquipneia respiratória, que é uma pequena disfunção respiratória. O problema está sendo avaliado pelos médicos.

Segundo a secretaria, a menina começou a receber leite por sonda e oxigênio na incubadora.

Por volta das 16h, a família estava reunida com a equipe médica do hospital para definir se os órgãos de Daniela serão doados.

Câmeras de segurança

A polícia já tem em mãos as imagens que mostram a ação e a fuga dos criminosos. Tudo foi gravado pelas câmeras de segurança de um condomínio que fica na rua onde ocorreu o crime. Mas o delegado disse que não vai divulgar para não atrapalhar as investigações.

Segundo ele, as imagens mostram quando a jovem chega e estaciona o carro. Logo atrás, vem uma moto amarela com dois homens. Enquanto ela desce, o homem que estava na garupa anuncia o assalto. Daniela coloca a bolsa na frente da barriga e é baleada.

Um dos suspeitos teria fugido a pé. O outro, de moto, esperou na esquina. A bala entrou pela face esquerda e ficou alojada na nuca.

Daniela estava com 36 semanas de gravidez e teria o bebê na próxima sexta-feira (11). O parto de emergência salvou Gabriela, que nasceu com 2,520 kg.

Fonte: R7, www.r7.com