Polícia diz que criança foi deixada em shopping após briga dos pais

O pai da criança chegou no local sem nenhum documento.

A polícia continua investigando a história da criança que foi abandonada em um Shopping na zona Sul do Rio de Janeiro. Após ser abandonado, o menino de dois anos foi levado para o Conselho Tutelar e em seguida para um abrigo infantil.

O abandono aconteceu na sexta-feira e nesse mesmo dia o pai do menino se apresentou na delegacia para resolver a situação. Garçom num dos restaurantes do estabelecimento comercial, ele alegou que a mãe abandonou o filho após um desentendimento do casal. Relatos de seguranças do shopping, no entanto, dão a versão de que os dois deixaram a criança sozinha depois de uma discussão. De acordo coma delegada titular Bárbara Lomba, imagens de câmera ainda estão sendo analisadas para apurar o crime.

“O suposto pai chegou à delegacia muitas horas depois de tudo acontecer, quando, inclusive, a criança já tinha sido encaminhada ao Conselho Tutelar. Ele não estava com nenhum documento que comprovasse sua paternidade. Além disso, alegou que a guarda do filho era dos avós, apesar de o menino viver com os pais. Ali ficou comprovada a vulnerabilidade total da criança”, explicou a delegada, acrescentando detalhes:

“O garoto não estava em boas condições de higiene no momento em que foi acolhido pelos policiais. Eu não autorizaria que levassem a criança. O caso precisa ser investigado e já foi registrado como abandono de incapaz. Vamos ouvir o depoimento da mãe e analisar as imagens das câmeras de segurança.

Na tarde do último sábado, a mãe da criança foi a 17ª DP (São Cristóvão), no bairro onde mora, para ter informações sobre o filho. Comunicada sobre a permanência do garoto num abrigo, a mulher prestará depoimento na próxima segunda-feira, na 10ª DP (Botafogo).

Criança abandonada shopping (Crédito: Reprodução)
Criança abandonada shopping (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do Jornal Extra