Polícia do Piauí repreende ação do Novo Cangaço no sul do Estado

Criminosos teriam explodido agência bancária da cidade de Curimatá

Nesta quinta-feira (05), a Secretaria de Estado da Segurança Pública informou que, até o momento, dois criminosos morreram em confrontos com policiais durante a perseguição ao bando que explodiu uma agência bancária na cidade de Curimatá, extremo sul do Piauí. Outras três pessoas foram presas, acusadas de dar apoio ao grupo.

De acordo com o Secretário de Segurança, Fábio Abreu, o Piauí foi alertado sobre uma possível ação dos criminosos por policiais da Bahia após o estouro de um banco na cidade de Barreiras, Bahia. Com essa informação, a Secretaria de Segurança e o Comando da Polícia Militar reforçaram policiamento na região de fronteira.

“Estamos com nosso serviço de inteligência atuando fortemente e em parceria com outros Estados principalmente na região sul, onde na Bahia aconteceram ações violentas. Esse tipo de bando tem como característica se reunir apenas na hora da execução do crime e por isso não pudemos prevenir a ação. Porém, como o policiamento está reforçado conseguimos dar resposta rápida”, disse Fábio Abreu.

De acordo com Abreu, o bando fez reféns e a polícia precisou ter cautela para preservar a vida dos cidadãos e só iniciou o cerco, após as vítimas serem liberadas, em uma região de mata entre Curimatá e Avelino Lopes.

“No confronto dois acusados morreram. Estamos fechando o cerco para efetuar todas as prisões. Aqueles que já estão presos são da cidade e davam apoio logístico à quadrilha. O planejamento deles deu errado. Esses criminosos pertencem à família Aracuã, tradicional na criminalidade principalmente na modalidade Novo Cangaço, em que criam terror na cidade e usam explosivos”, concluiu. 

De acordo com a SSP-PI, as ações estão sendo realizadas em parceria com a Secretaria de Segurança da Bahia. O cerco policial está sendo feito pelo Grupo de Repressão ao Crime Organizado-GRECO, Força Tática, Bope e da Companhia de Polícia de Ações em Caatinga-CPAC/BA.

Fonte: Portal Meio Norte